Na cozinha do Chef

14/06/2010

Queijos para cozinhar.

O queijo é usado para fazer coberturas, recheios, sobremesas e como aromatizante.

É importante escolher o queijo certo para a receita. Os queijos moles e suaves são bons para sobremesas e os mais fortes para molhos. O queijo pode tornar-se fibroso se demasiado aquecido, pelo que não se deve ferver um molho de queijo nem reaquecê-lo. Os queijos rijos como Parmesão, emmenthal e dry jack suportam temperaturas mais elevadas.

Mozzarella
Delicioso cru em saladas, mas mais famoso como cobertura para pizzas e em pratos tradicionais italianos.

Gorgonzala
Este suave queijo italiano de veios azuis constitui um acrescento saboroso a molhos cremosos para massas ou combina com maças ou pêras em massa para fazer tarteletes.

Ricotta
Usado em pratos doces e salgados com lasanha e cheesecakes, este queijo italiano cremoso mas granulado pode ou não ser cozinhado.

Parmesão
Polvilhe sobre pratos de massa ou junte a molhos e massas no forno para um autêntico sabor italiano. Evite Parmesão seco – tem um odor desagradável e um sabor muito aquém do da variedade fresca.

Cheddar
Um queijo versátil e usual que pode ser cozinhado ou não. É ideal para gratinar – use-o em molhos, sobre torradas, em omeletas e em quiches, tartes e pasteis.

Neufchâtel
Um queijo francês suave da Normandia com uma casca seca e aveludada e uma textura firme mas cremosa. É delicioso ás fatias e grelhado sobre pão estaladiço ou cortado em pedaços pequenos e misturado com folhas mistas para salada e tempero francês.

Emmenthal
Um bom queijo para derreter semelhante não Gruyère (são ambos suíços) – usado em fondues e quiches. Bom para sanduíches tostadas e assados.

Anúncios

Site no WordPress.com.